Horário de
Funcionamento

As lojas estão abertas hoje das 10h às 22h
e os restaurantes das 12h às 23h

Contato

TELEFONE
11 3552 1000

Wifi no
Shopping

Acesse a rede Wi-Fi Cidade Jardim
e conecte-se

fechar

POCKET MUSEUM CIÊNCIA EM SHOW

ENTRADA GRATUITA

Data: 19/01 a 04/02

Horário: Horário de funcionamento do Shopping

Local: Shopping Cidade Jardim – Piso Térreo

Faixa etária: Para todas as idades

 

 

Desenvolvido como uma fábrica de ideias no formato de alameda, o Pocket Museum é um espaço totalmente voltado à ciência. As paredes que ladeiam o espaço, além de lúdicas, propiciam um certo isolamento para que você se sinta em um mundo mágico e as pequenas aberturas nas paredes estimulam os passantes a também acompanharem as atividades pelo lado de fora.

O circuito é composto por treze atrações interativas independentes. Algumas delas estão localizadas no lado externo das paredes para que você possa interagir antes mesmo de entrar no espaço.

As atividades são distribuídas em quatro blocos denominados estações. Em cada uma delas o monitor conduz seu grupo para uma experiência personalizada e eficiente.

A primeira estação é dedicada a Eletricidade com experimentos Gerador de Van de Graaff e Bobina de Tesla. O Gerador de Van de Graaff é uma máquina eletrostática, cuja esfera fica eletrizada. Quando em contato com a esfera metálica, o corpo humano também fica eletrizado e a força elétrica empurra os cabelos para cima. Já a Bobina de Tesla é um dispositivo que produz alta tensão em seus terminais e um intenso campo elétrico ao seu redor. O campo elétrico excita o gás no interior de lâmpadas fluorescentes próximas, que emitem luz espontaneamente. Seu funcionamento baseia-se num fenômeno físico chamado ressonância. Quem inventou a bobina de tesla foi o cientista austro-americano Nikola Tesla e seu objetivo era transmitir energia elétrica sem usar fios.

         A segunda estação tem experimentos da física moderna: Bola de Plasma, Ondas de Calor e Som Atrasado. A Bola de plasma éum eletrodo de alta tensão dentro da esfera de vidro que produz energia e ioniza o gás formando lindos raios de plasma, que é o quarto estado físico da matéria. Ao aproximar a lâmpada, o gás no seu interior também se ioniza e ela emite luz.

As Ondas de calor emitem radiação infravermelha. Diferente da luz visível, a radiação infravermelha não é detectada pelos olhos. A câmera termo visora transforma as ondas infravermelhas captadas dos objetos em imagens coloridas visíveis. Na imagem que aparece em um televisor, cada cor representa uma temperatura diferente.

 o Som Atrasado possui o efeito que é parecido com um eco. Ao falar em uma extremidade do tubo e posicionar a outra extremidade na orelha conseguimos ouvir a própria voz, mas com um pouco de atraso. Quem elaborou estudos precisos sobre a velocidade do som foi o cientista francês Pierre-Simon Laplace.

O terceiro grupo é o da Estação Mecânica com experimentos de Vórtice Toroidal, Ponte Romana e Bolinha Flutuante.

Vórtice Toroidal, pequeno golpe no tambor que cria um anel de fumaça, chamado vórtice. Isso acontece porque o ar sai do orifício com velocidades diferentes no seu centro e nas bordas. Essa diferença causa uma perturbação no ar, o que produz esse curioso formato.

A Ponte Romana sãopeças individuais encaixadas corretamente que formam uma estrutura tão resistente que pode ser usada como ponte. A distribuição das forças sobre a estrutura permite que elas ficam firmes apenas com encaixes. Quem desenvolveu e aprimorou as construções em arcos foram os arquitetos e engenheiros romanos, ainda na antiguidade, e muitas de suas obras ainda estão em pé.

A Bolinha Flutuante traz o estudo sobre a pressão, onde ao posicionar a bolinha sobre um jato de ar é possível equilibrá-la porque o vento diminui a pressão no entorno dela. A diferença entre a pressão do ar próximo à bolinha e a pressão atmosférica cria um duto de força que a mantém equilibrada e flutuando.

         O quarto e último grupo é o Estação Ótica e contém Imagens Sobrepostas, Figuras Anamórficas, Espelhos Curvos e Túnel Infinito.

As Imagens Sobrepostas possuem cores diferentes: uma vermelha e a outra azul. Por isso o quadro está muito confuso. Mas ao colocar um filtro colorido na sua frente, se consegue ver uma imagem de cada vez e tudo fica nítido. O filtro colorido boqueia parte da luz.

Nas Figuras Anamórficas, as imagens encontram-se deformadas, mas pode-se reconstruí-las posicionando o espelho cilíndrico no local correto. A distorção aplicada em cada imagem foi calculada para que, quando refletida por um espelho de formato cilíndrico, pudesse ser vista na sua forma original. Assim é possível descobrir o que é cada figura. Quem interpretou pela primeira vez o fenômeno da dispersão da luz branca nas cores do arco-íris foi o cientista inglês Isaac Newton.

Em uma superfície espelhada temos os Espelhos curvos, capaz de desviar os raios de luz de maneira que interpretamos tal desvio como uma imagem. Nos espelhos curvos a luz desvia de tal forma que a imagem original fica distorcida, provocando efeitos engraçados.

Já o Túnel infinito, tem como principal função provocar a sensação de profundidade nos desenhos planos. A luz dos LEDs é refletida por um espelho posicionado no fundo do quadro. Tal imagem é novamente refletida pelo espelho semi-refletor da frente. Parte da luz chega aos olhos e parte volta para dentro do quadro. O fenômeno se repete infinitamente, produzindo uma imagem em perspectiva.

 

 

compartilhar

POCKET MUSEUM CIÊNCIA EM SHOW

ENTRADA GRATUITA

Data: 19/01 a 04/02

Horário: Horário de funcionamento do Shopping

Local: Shopping Cidade Jardim – Piso Térreo

Faixa etária: Para todas as idades

 

 

Desenvolvido como uma fábrica de ideias no formato de alameda, o Pocket Museum é um espaço totalmente voltado à ciência. As paredes que ladeiam o espaço, além de lúdicas, propiciam um certo isolamento para que você se sinta em um mundo mágico e as pequenas aberturas nas paredes estimulam os passantes a também acompanharem as atividades pelo lado de fora.

O circuito é composto por treze atrações interativas independentes. Algumas delas estão localizadas no lado externo das paredes para que você possa interagir antes mesmo de entrar no espaço.

As atividades são distribuídas em quatro blocos denominados estações. Em cada uma delas o monitor conduz seu grupo para uma experiência personalizada e eficiente.

A primeira estação é dedicada a Eletricidade com experimentos Gerador de Van de Graaff e Bobina de Tesla. O Gerador de Van de Graaff é uma máquina eletrostática, cuja esfera fica eletrizada. Quando em contato com a esfera metálica, o corpo humano também fica eletrizado e a força elétrica empurra os cabelos para cima. Já a Bobina de Tesla é um dispositivo que produz alta tensão em seus terminais e um intenso campo elétrico ao seu redor. O campo elétrico excita o gás no interior de lâmpadas fluorescentes próximas, que emitem luz espontaneamente. Seu funcionamento baseia-se num fenômeno físico chamado ressonância. Quem inventou a bobina de tesla foi o cientista austro-americano Nikola Tesla e seu objetivo era transmitir energia elétrica sem usar fios.

         A segunda estação tem experimentos da física moderna: Bola de Plasma, Ondas de Calor e Som Atrasado. A Bola de plasma éum eletrodo de alta tensão dentro da esfera de vidro que produz energia e ioniza o gás formando lindos raios de plasma, que é o quarto estado físico da matéria. Ao aproximar a lâmpada, o gás no seu interior também se ioniza e ela emite luz.

As Ondas de calor emitem radiação infravermelha. Diferente da luz visível, a radiação infravermelha não é detectada pelos olhos. A câmera termo visora transforma as ondas infravermelhas captadas dos objetos em imagens coloridas visíveis. Na imagem que aparece em um televisor, cada cor representa uma temperatura diferente.

 o Som Atrasado possui o efeito que é parecido com um eco. Ao falar em uma extremidade do tubo e posicionar a outra extremidade na orelha conseguimos ouvir a própria voz, mas com um pouco de atraso. Quem elaborou estudos precisos sobre a velocidade do som foi o cientista francês Pierre-Simon Laplace.

O terceiro grupo é o da Estação Mecânica com experimentos de Vórtice Toroidal, Ponte Romana e Bolinha Flutuante.

Vórtice Toroidal, pequeno golpe no tambor que cria um anel de fumaça, chamado vórtice. Isso acontece porque o ar sai do orifício com velocidades diferentes no seu centro e nas bordas. Essa diferença causa uma perturbação no ar, o que produz esse curioso formato.

A Ponte Romana sãopeças individuais encaixadas corretamente que formam uma estrutura tão resistente que pode ser usada como ponte. A distribuição das forças sobre a estrutura permite que elas ficam firmes apenas com encaixes. Quem desenvolveu e aprimorou as construções em arcos foram os arquitetos e engenheiros romanos, ainda na antiguidade, e muitas de suas obras ainda estão em pé.

A Bolinha Flutuante traz o estudo sobre a pressão, onde ao posicionar a bolinha sobre um jato de ar é possível equilibrá-la porque o vento diminui a pressão no entorno dela. A diferença entre a pressão do ar próximo à bolinha e a pressão atmosférica cria um duto de força que a mantém equilibrada e flutuando.

         O quarto e último grupo é o Estação Ótica e contém Imagens Sobrepostas, Figuras Anamórficas, Espelhos Curvos e Túnel Infinito.

As Imagens Sobrepostas possuem cores diferentes: uma vermelha e a outra azul. Por isso o quadro está muito confuso. Mas ao colocar um filtro colorido na sua frente, se consegue ver uma imagem de cada vez e tudo fica nítido. O filtro colorido boqueia parte da luz.

Nas Figuras Anamórficas, as imagens encontram-se deformadas, mas pode-se reconstruí-las posicionando o espelho cilíndrico no local correto. A distorção aplicada em cada imagem foi calculada para que, quando refletida por um espelho de formato cilíndrico, pudesse ser vista na sua forma original. Assim é possível descobrir o que é cada figura. Quem interpretou pela primeira vez o fenômeno da dispersão da luz branca nas cores do arco-íris foi o cientista inglês Isaac Newton.

Em uma superfície espelhada temos os Espelhos curvos, capaz de desviar os raios de luz de maneira que interpretamos tal desvio como uma imagem. Nos espelhos curvos a luz desvia de tal forma que a imagem original fica distorcida, provocando efeitos engraçados.

Já o Túnel infinito, tem como principal função provocar a sensação de profundidade nos desenhos planos. A luz dos LEDs é refletida por um espelho posicionado no fundo do quadro. Tal imagem é novamente refletida pelo espelho semi-refletor da frente. Parte da luz chega aos olhos e parte volta para dentro do quadro. O fenômeno se repete infinitamente, produzindo uma imagem em perspectiva.

 

 

compartilhar